sábado, 5 de março de 2011

Projeto prevê a qualificação de profissionais de Educação Física

Fortaleza/CE – O Ministério do Esporte e o Grupo de Comunicação O Povo (CE), em parceria com o Conselho Regional de Educação Física da 5ª Região (CREF5/CE-MA-PI), lançaram o projeto “Olimpíada e Cidadania”. A iniciativa visa à qualificação dos profissionais de Educação Física para a formação de atletas e cidadãos, tendo como gancho a Copa do Mundo FIFA 2014 e os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.
O projeto inclui aulas por fascículos impressos e DVDs. Será utilizada a tecnologia do ensino à distância, que também inclui ferramentas, como um hotsite, linha 0800 e videoaulas. O curso terá início em abril e tem como público-alvo profissionais de Educação Física do Ceará, Piauí e Maranhão, devidamente registrados no Conselho. Em caso de vagas ociosas, estudantes de Educação Física com mais de 50% do curso completo, também poderão participar.
“O projeto chama a atenção para a importância do Profissional de Educação Física”, ressaltou o presidente do CREF5/CE-MA-PI, Prof. Antônio de Pádua Soares. “Esse curso vem para qualificar os profissionais por conta dos eventos esportivos previstos para o Brasil”, completou o conselheiro federal, Prof. Ricardo Catunda.
Também presente na cerimônia de lançamento, o presidente do CONFEF, Prof. Jorge Steinhilber, parabenizou a iniciativa, lembrando que ela envolve a formação com cidadania. Segundo ele, o convênio é um trabalho de inclusão social, do qual os profissionais de Educação Física são os principais agentes neste processo. “Com ele (o projeto) não criaremos apenas campeões de medalhas, mas campeões para a vida”.
Participaram da cerimônia de lançamento do projeto o prefeito em exercício de Fortaleza, Acrísio Sena (PT), o chefe de gabinete do Ministério do Esporte, Vicente José de Lima (representando o ministro Orlando Silva), o senador Inácio Arruda (PCdoB-CE), os deputados federais Osmar Junior (PCdoB-PI), André Figueiredo (PDT-CE), Domingos Neto (PSB-CE) e João Ananias (PCdoB-CE), além de outros deputados e vereadores locais.
Vale destacar que pela primeira vez a tônica dos discursos foi quanto ao reconhecimento da importância do Profissional de Educação Física como o principal agente de formação e desenvolvimento do esporte, diferentemente de outros eventos em que, ao abordar a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos de 2016, a ênfase é na conquista de medalhas.

FONTE: O POVO / CREF5-CE.MA.PI / CREF4-SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário